Logo TOPSPA

Blog > Consultoria > Um spa deve ser encarado como uma unidade de negócio, um centro de receita como os restantes ‘outlets’ do hotel

Pedro Amaro

publicado em 1 de Novembro de 2020 | 1 minutos de leitura

"Um spa deve ser encarado como uma unidade de negócio, um centro de receita como os restantes ‘outlets’ do hotel"

Pedro Amaro, managing partner da TOPSPA Consultants, analisa o atual panorama na operação dos spas inseridos em hotéis. Devem os hotéis encerrar ou não esta facilidade?

Pedro Amaro

Fundador e managing partner da TOPSPA Consultants desde 2005, é resposnsavel pela gestão de projectos de consultoria spa nas fases de conceito, spa design e obra. Licenciado em gestão e marketing com especializações em várias areas de conhecimento holistico, iniciou a sua carreira profissional na banca e em grupos privados, passando pela consultoria de gestão. Apaixonado pela industria wellness e em particular pelos spas, adora viajar em busca de saberes ancestrais e tecnicas de relaxamento. É docente convidado nas disciplinas de Gestão de Spas em diversos cursos e pós-graduações.

Partilhe com os seus amigos

Vouchers de Aniversário