Logo TOPSPA

Blog > Massagens > E que tal uma massagem tailandesa para revigorar?

Topspa

publicado em 30 de Setembro de 2021 | 6 minutos de leitura

"E que tal uma massagem tailandesa para revigorar?"

O isolamento decorrente da covid-19 deu-nos para pensar na vida, recear pela saúde e deixar as terapias para tempos melhores. Mas uma massagem tailandesa clássica pode ser o ponto de partida com que sonhava para voltar já ao seu spa.

Massagem com pindas tailandesas quentes e calmantes

Após ser declarada a pandemia, o mundo como o conhecíamos mudou. Afastámo-nos de transportes públicos, idas ao escritório, contacto humano, e com ele das massagens com que antes cuidávamos das nossas dores (as do corpo e da mente). Agora que já só queremos o retorno à normalidade, a massagem tailandesa é a melhor para começar a recuperar tempo perdido

MASSAGEM TAILANDESA: PORQUE VALE A PENA EXPERIMENTAR

 

Para começar é feita com roupa, sem óleo no corpo nem contacto direto com a pele. Que melhor forma de se restaurar a confiança no toque?

Relaxe e mantenha-se saudável pelo poder curativo da massagem tailandesa», dir-lhe-á quem quer que tenha experimentado esta prática de manipulação corporal assente em pressões, torções e alongamentos, a operar maravilhas há séculos.

«Existe uma combinação poderosa das energias de quem massaja e é massajado, daí ser usada para relaxar, atuar ao nível de distúrbios comuns e prevenir doenças», confirmam os terapeutas que a praticam.

 

O nosso corpo é composto por uma rede de linhas energéticas pelas quais flui a energia vital. Ao estimular essas linhas, a massagem tailandesa devolve o bem-estar perdido nas correrias do dia a dia.

 

Na verdade, a massagem tailandesa ou thai (outro dos nomes por que é conhecida) é um dos ramos mais respeitados da terapia médica tailandesa. 

 

A CIÊNCIA POR DETRÁS DA MASSAGEM TAILANDESA

 

Calcula-se que tenha nascido há mais de 2500 anos na Tailândia, refinada pela chegada ao país dos monges budistas e de alguns médicos conhecedores do saber ayurvédico. A medicina tradicional indiana juntou-se assim à medicina natural da antiga Tailândia para formar a Medicina Tradicional Tailandesa, de que a massagem tailandesa é parte integrante

O princípio da prática é simples de entender à luz de tudo o que a ciência foi validando entretanto (e que os tailandeses e indianos já sabiam há muito): o nosso corpo é composto por uma rede de linhas energéticas pelas quais flui a energia vital.

Essas linhas acomodam pontos de acupuntura que funcionam como portais energéticos. Sempre que ocorrem bloqueios musculares, articulares ou quaisquer outros que impeçam a energia vital de circular livremente nesta nossa rede pessoal, o organismo fica mais vulnerável à doença. Aqui entra a nossa massagem.

 

COMO É FEITA A MASSAGEM TAILANDESA


Tradicionalmente o paciente está vestido com roupa confortável e deitado no chão sobre um tatami fino, mais adequado do que a marquesa às técnicas de alavanca, estiramento e tração típicas da massagem tailandesa. Não é untado com óleos, como seria na massagem ayurvédica, para evitar o risco de deslizar das mãos do terapeuta. 

Ao estimular as tais linhas e pontos da rede energética, conjugando pressões e alongamentos musculares que mobilizam o corpo, a massagem tailandesa acalma dores, regula funções internas e dissipa a estagnação, devolvendo o bem-estar à pessoa.

  

Os joelhos, cotovelos e pés do massagista são utilizados para pressões maiores no corpo do paciente. Ainda assim, a massagem tailandesa é confortável e muito relaxante.

 

E sim, à primeira vista pode parecer um tratamento menos suave do que uma massagem de relaxamento, embora seja incrivelmente calmante para quem faz e, sobretudo, para quem recebe (pelo menos no final, quando tudo fica alinhado). 

Joelhos, cotovelos e pés do massagista entram em ação se a força das mãos é insuficiente para ativar pontos-chave. Em grandes músculos necessitados de grandes remédios, não é invulgar ver o terapeuta a caminhar sobre as costas do paciente de modo a conseguir máxima pressão. 

Ainda assim, nada disso torna a massagem tailandesa dolorosa, perturbadora ou de força bruta, pelo contrário. É feita sem pressas, um movimento após outro. Induz a serenidade como se estivéssemos numa aula de yoga. 

Daí que a designação de yoga thai massagem, ou massagem thai yoga, tenha surgido para destacar uma série de posturas ativas muito presentes na massagem tailandesa, influenciadas pelo yoga tailandês (a não confundir com o yoga indiano, assente em fundamentos distintos). 

 

MASSAGEM THAI YOGA OU MASSAGEM TAILANDESA?


No fundo, thai yoga é só mais um nome para a sequência de alongamentos, delicadas torções e posições harmoniosas da massagem tailandesa, que lembram as asanas (posturas) do yoga. 

Na Tailândia, os agricultores aplicavam-nas a eles próprios para conseguirem suportar os efeitos do trabalho árduo no corpo, já que as asanas alongam as linhas energéticas e todos os tecidos do corpo. Com o tempo, foram integradas na massagem tailandesa e duas pessoas – o paciente e o terapeuta – passaram a fazê-los a dois para resultados ainda melhores.

No fundo, a grande diferença entre uma massagem tailandesa ou praticar yoga é que na massagem cabe ao terapeuta conduzir o paciente pelas posturas de yoga, sempre a abrir e a alongar, sem que a pessoa faça esforço ou se preocupe em manter a estrutura (o massagista trata de tudo). 

É o chamado yoga passivo ou yoga para preguiçosos. Ao estirar todos os músculos do corpo, ao mesmo tempo que reequilibra a energia e a postura tantas vezes agredidas no dia a dia, a massagem thai yoga aquieta a mente, liberta o stress e reconecta o massajado com o seu eu interior.

 

E SÃO MUITOS MAIS OS BENEFÍCIOS FÍSICOS E PSICOLÓGICOS QUE A MASSAGEM THAI OFERECE:

 

  • Diminui as tensões acumuladas em zonas problemáticas (cada pessoa com as suas);
  • Melhora a respiração, a postura e a flexibilidade;
  • Trabalha as dores nos músculos, tendões e articulações, aliviando dores crónicas;
  • Beneficia o sistema nervoso e o funcionamento dos órgãos internos;
  • Reforça o sistema imunológico;
  • Regula a pressão arterial e as circulações sanguínea e linfática;
  • Promove o relaxamento e a desintoxicação do corpo;
  • Elimina bloqueios energéticos;
  • Abranda o sistema nervoso central;
  • Atrasa o processo de envelhecimento.

 

O seu corpo está a pedir-lhe que o alongue? Que o vire do avesso para aliviar essa tensão muscular? Comece com uma massagem tailandesa tradicional.

Massagem Tailandesa com Tok Sen

 

OUTROS TIPOS DE MASSAGEM TAILANDESA A SABOREAR SEM DEMORA


Se preferir algo mais exótico do que a massagem tailandesa tradicional, também inspirada na sabedoria ancestral da Tailândia, sugerimos-lhe a massagem Abhyanga, que restabelece o fluxo do prana utilizando óleos aquecidos e pressão alternada. 

Outra alternativa é uma massagem tailandesa com pindas de linho aquecidas ao vapor e recheadas de plantas medicinais, para ajudar no relaxamento muscular e no desbloqueio energético. 

Ou ainda uma massagem tailandesa com tok sen, em que o terapeuta “martela” os meridianos energéticos do corpo com um instrumento de madeira de tamarindo, gerando uma vibração que combate o stress acumulado e as dores musculares.

Na dúvida, experimente todas as versões para saber com qual se sente melhor. E depois volte para uma nova sessão de cada uma delas. Só para ter mesmo a certeza de que é essa a sua massagem tailandesa favorita. 

Topspa

A TOPSPA Consultants é a empresa líder na área de consultoria e gestão de Spas no mercado hoteleiro, em Portugal. 

Fundada em 2015 com a ambição de ser a melhor a empresa a operar no mercado Wellness & Spa em Portugal, possui atualmente 8 Spas em gestão própria e o maior número de prémios atribuídos pelos World Luxury Spa Awards. 

A divulgação e partilha de conhecimento, são parte integrante dos valores da empresa, efetuada através de formação profissional, palestras, workshops e docência das disciplinas de Saúde e Bem-Estar em diversos cursos Superiores e Técnicos nas Escolas de Hotelaria e Turismo.

Partilhe com os seus amigos

Vouchers de Aniversário